Algar Agro discute sustentabilidade com clientes, fornecedores e integrantes da sociedade civil

Sustentabilidade como direcionador de negócios e de geração de valor

Sustentabilidade como direcionador de negócios e de geração de valor

Algar Agro discute sustentabilidade com clientes, fornecedores e integrantes da sociedade civil

Uberlândia, 28 de novembro de 2016 - A Algar Agro, braço agrícola do Grupo Algar, realizou na última semana um evento para ouvir a opinião de diversos públicos com os quais se relaciona sobre o papel da companhia para a promoção do desenvolvimento socioambiental e econômico.

Foram convidados representantes do terceiro setor, clientes, fornecedores, academia e especialistas para falar sobre os riscos e as oportunidades do negócio e os resultados do diálogo serão incorporados no planejamento estratégico da empresa, no médio prazo.

O encontro, intitulado “Sustentabilidade como direcionador de negócios e de geração de valor”, faz parte de um projeto de consulta da empresa aos seus públicos externos e internos e que virá reforçar sua plataforma de sustentabilidade, novos negócios e inovação. O diálogo foi mediado pela consultoria Societá.

“O objetivo dessa ação foi identificar os impactos das atividades e operações executadas hoje na empresa, considerando a visão desses públicos que são tão importantes e estratégicos. Foram discutidos temas relacionados ao setor de agronegócio e alimentos e a partir dessa discussão, estabeleceremos os compromissos efetivos para subsidiar a gestão da empresa”, destacou Tatiane Magalhães, especialista em Sustentabilidade da Algar Agro.

Zezé Diniz, presidente da Nordece Distribuidora, ressaltou a importância das empresas de agronegócio pautarem suas atividades considerando a sustentabilidade. “A Algar Agro está no caminho certo e ações como essa, que consideram a visão do cliente, propiciam uma troca de experiências que vai enriquecer as estratégias da empresa no seu segmento de atuação”, considerou.

A consultora em sustentabilidade, Kátia Reis, ressaltou a importância do diálogo para a melhoria do desempenho das empresas e ressaltou a importância da postura da Algar Agro, durante o encontro. “Esse processo permite o planejamento e desenvolvimento de ações da empresa a partir do diálogo com os diversos públicos e da escuta dos interesses legítimos e dos temas de maior impacto para esses públicos”.

O debate tratou de questões que percorrem a cadeia de valor, possibilitando a discussão de assuntos relacionados aos impactos ambientais, desafios do setor agrícola e da indústria de alimentos, o consumo de recursos naturais, o descarte de resíduos, as mudanças climáticas, o estímulo ao empreendedorismo, novos modelos de negócios, inovação, entre outros.

Participaram do evento clientes, fornecedores, representantes de organizações tais como Universidade Federal de Uberlândia, ABIOVE, Sebrae, consultores, organizações do terceiro setor, além de associados da Algar Agro e do Grupo Algar.

Além do diálogo com públicos externos, foram também realizados encontros e entrevistas com os associados e lideranças da Algar Agro e do Grupo Algar.

A empresa ressaltou, durante o evento, que o processo de escuta veio para ficar e que a prática do diálogo passa a fazer parte do modelo de construção de ações, iniciativas e estratégias da companhia. Os resultados do trabalho serão públicos e poderão ser conhecidos na página da empresa na internet e em seus relatórios de sustentabilidade, após a finalização do projeto.


Fonte: Dinheiro Rural

 

ASSESSORIA DE IMPRENSA

FSB Comunicações
+ 55 11 3165-9749

Marcella Reis
marcella.reis@fsb.com.br
+ 55 11 9 4943-1356

Manuella Rabelo
manuella.rabelo@fsb.com.br
+ 55 34 9.9816-4606

Voltar